Jornal da Praceta

FUNDADO JUNHO DE 2001

Informação sobre a freguesia de Alvalade

( Alvalade, Campo Grande e São João de Brito













.Outubro de 2020



Problemas Crónicos

A Pandemia provocou uma estranha sensação de mudança. A suspensão de inúmeras atividades gerou a ideia que muitos problemas crónicos na freguesia haviam desaparecido. Pura ilusão ! Um a um estão de volta e muitos outros surgiram.

Situação Inconcebível numa Escola Pública em Alvalade

A Escola Básica Teixeira de Pascoais tem vivido desde 2016 num autêntico tormento. As obras eram para começar em Abril de 2016 mas só foram iniciadas no ano seguinte. Não tardaram a parar, e desde então as aulas continuam a ser dadas em contentores. Em finais de julho o problema voltou a ser noticia numa altura que já estavam inscritas 300 crianças para o novo ano lectivo. Piores condições é i possivel.

Estado em que ficaram as obras... Ao fundo pode ver-se a placa de betão que abateu durante a madrugada e que foi o pretexto para suspensão da empreitada. Foto: 19/02/2020

Um imbróglio de Alvalade à Penha de França

A guerra está declarada na freguesia de Alvalade. Os Estrelas acusam a CML e a Junta de Alvalade de os pretenderem expulsar da piscina do Regimento de Sapadores Bombeiros. A Junta defende-se afirmando que o clube se recusa a prestar contas dos apoios que recebeu. Neste sentido exige a devolução dos apoios que lhe concedeu, tendo suspendido o contrato programa que mantinha com o clube. Afirmações feitas na última reunião pública do executivo da Junta de Freguesia (16/03/2020) transmitida através da internet. A CML, como é sabido, determinou que os Estrelas até Junho de 2020 tinham que abandonar a piscina municipal. O executivo da Junta não perdeu tempo e confirmou que fez saber à Câmara Municipal que estava interessado na gestão da piscina. Garantiu que a Junta tinha competência técnica para o fazer, assim como iria praticar preços mais baixos pela sua utilização. Tudo continua na mesma. Mais

Criminalidade em Alvalade

Alvalade no dia 18 de Junho voltou a ser notícia pelas piores razões. Dois jovens resolvem combinar um ajuste de contas no jardim da rua General da Pimenta de Castro, junto ao Bairro das Estacas, próximo da Estação de Comboios Roma-Areeiro e de estações do metro. Uma localização que permitia uma chegada e fuga rápida, como acontece nestes confrontos no Campo Grande. Um chamava-se James Boyce, 15 anos, era morador na zona do Castelo, ou outro mora na Alta de Lisboa, tem 14 anos. Vinham acompanhados de 7 "amigos", 4 moram em Lisboa e os restantes em Rio de Mouro, Odivelas e Oeiras, todos com idades entre os 14 e os 19 anos. As agressões iniciaram-se mal chegaram ao local, era para isso que estavam àquela hora naquele local. O "James Boyce" não contava com a faca que o seu adversário trazia e acabou esfaqueado. Pouco passava das 19h00 quando os dois bandos fugiram deixando num chão um jovem em agonia que veio a falecer no Hospital de Santa Maria. Nenhum socorro lhe prestaram, a amizade terminara ali.

Como temos referido, estes confrontos violentos de jovens em Alvalade não são novidade. A facilidade de acesso à freguesia torna certas zonas na vizinhaças de interfaces de transportes, ideais para incursões de bandos oriundos de outros pontos da cidade ou dos seus arredores. Estes bandos, em geral limitam-se a marcar territórios com grafittis, mas não raro passam à prática de assaltos a outros jovens ou atos de vandalismo. Uma onda de criminalidade perante a qual a PSP se tem mostrado impotente. Mais

Alvalade Recordista de Acidentes

O mês de Julho ficou tristemente assinalado pela morte no dia 10 da jovem Ana Oliveira no Campo Grande. Foi atropelada quando atravessava de bicicleta uma passagem para velocipes que existe frente à Biblioteca Nacional. O condutor não parou ao sinal vermelho. Era aluna Escola Rainha Dona Leonor e basquetebolista da equipa sub-19 do SCP. Na manifestação que se seguiu pediu-se medidas para acalmar o tráfego na cidade , como lombas, velocidade limitada a 30km/hora, fiscalização, fim das "auto-estradas" na cidade.

Sabe em Lisboa onde se regista maior número de acidentes ? José Bernardo, chefe da 18ª. Esquadra - Campo Grande, não tem dúvidas é no cruzamento entre a Av. de Roma e a Av. do Brasil. Quem atravessa o local fica confuso sobre onde e quando pode atravessar. Esta foi uma das conclusões mais importantes feitas na apresentação de um relatório sobre Acessibilidade na Freguesia de Alvalade, no Centro Cívico Edmundo Pedro ( 27/11/2019). Apesar deste facto ser do conhecimento da CML, a verdade é que nada tem feito para corrigir a situação. José Bernardo recordou outros dados preocupantes: entre 2010 e 2016, ocorreram na freguesia 593 acidentes, de que resultaram 6 vítimas mortais, 9 feridos graves e 645 feridos ligeiros. As zonas com maior número de atropelamentos foram o Campo Grande (50), Avenida do Brasil (38), Avenida das Forças Armadas (34), Avenida Rio de Janeiro(31) e Avenida dos Estados Unidos da América (28). Para a triste estatística deste lugar, assinale-se no dia 3/12/2019, a colisão entre um motociclo e uma carrinha. Mais

Limpeza Confinada

Foto: Rua Violante do Céu, 10 Junho de 2020

Desde Junho que se iniciou um lento desconfinamento no país que se tem prolongado. Muitos serviços públicos que desde Março estavam na prática encerrados passaram a funcionar. Na freguesia de Alvalade assistiu-se a um movimento inverso: os serviços de limpeza assegurados pela câmara municipal e junta de freguesia diminuiram a sua atividade. O resultado tem sido o acumular de lixo e a proliferação de ervas por toda a freguesia numa dimensão sem paralelo no passado recente.

Perplexidades de um Fiscal Camarário

"Todos os dias é a mesma coisa". Apontado para o lixo amontado junto à Escola Básica de Santo António concluiu : "Este (lixo) vem de uma oficina. Retiraram a morada das embalagens para não podermos identificar os prevaricadores. As multas são agora mais pesadas...", confessava-nos com um ar desalentado ás 10h32 do dia 18 de Fevereiro, Vitor Domingos, fiscal do Posto de Limpeza da Rua Filipe da Mata. Olhando em redor para o vasto logradouro acrescentou "Tudo isto é ilegal...". Ao que inquirimos: "Não faz nada?.." A resposta veio pronta: "Só fiscalizo o lixo atirado para a rua, quanto ao resto é da competência da Polícia Municipal, da Junta de Freguesia, Câmara Municipal...". Enquanto enumerava as várias entidades com competência para agirem perante as ilegalidades não parava de encolher-se entre os ombros. Era dificil aceitar tanta omissão até para um fiscal camarário. Esta situação mantém-se em Agosto e tudo indica que se irá prolongar até que haja uma efectiva mudança na CML e na Junta de Freguesia de Alvalade.

A Tragédia do Comércio Local

A pandemia Covid-19 agravou de forma dramática a crise que afectava o comércio local em Alvalade. Foi mais uma estucada a juntar a tantas outras, como a abertura de grandes superficies, o envelhecimento da população residente, a deslocalização e encerramento de empresas na freguesia, mas também a marginalidade em algumas zonas. A Junta de Freguesia nesta área tem revelado um maior dinamismo propagandistico, embora com resultados irrisórios.

Take Away e Esplanadas

Muitos restaurantes, pastelarias e cafés encerraram as portas por "tem indeterminado". Noutros temos assistido a tentativas de reinvenção do serviço que prestam aos clientes. O serviço presencial foi substituído pelo "Take Away" ou "comida para fora". As encomendas online (através da internet) estão a crescer. Quem tem possibilidade abriu improvisadas esplanadas nos passeios públicos. Na esmagadora maioria dos casos os estabelecimentos que investiram neste tipo de serviço pouco lucro tem obtido, o que procuram é manter a ligação aos seus clientes habituais. Não querem ser esquecidos.

A Praga dos Grafites

Alvalade como toda a cidade de Lisboa está repleta de grafites. Nada escapa desde monumentos, a simples sinais de transito, estações de metro, paragens autocarro, edifíicios públicos ou privados, etc. A imagem que provocam é de territórios abandonados, dominados por marginais. Uma situação que não parece incomodar quem tem por missão velar pelo espaço público.

Novas Imagems de Alvalade

O Jardim do Campo neste dias de confinamento tornou-se no principal centro social da freguesia. Milhares de pessoas individualmente ou em grupo, nomeadamente numerosas familias passaram a frequentá-lo para para afzerm os seus passeios higiénicos, andarem ou aprenderem a andar de bicicleta, fazerem algum desporto ou simplesmente apanharem sol. Num jardim onde não existe guardas para o vigiarem, o civismo dos seus frequentadores tem sido a nota dominante, embora aqui e ali a ação destrutiva dos vandalos do costume se faça sentir.

Quando o calor aperta e as piscinas estão fechadas o lago vira banheira. Jardim do Campo Grande. Domingo, 24/05/2020

Banhos de Sol. Jardim do Campo Grande, Domingo, 3/05/2020

Máscaras. Av.do Brasil, 07/05/2020

Conselho de uma Enfermeira

"Tenho visto muitas recomendações sobre medidas a tomar para a prevenção do vírus. Lavar bem as mãos, práticas de higiene pessoal e distância social. Mas não tenho visto recomendações sobre o que fazer se por acaso for infectado pelo vírus.

Como enfermeira, deixo algumas sugestões:

1 - Coisas que realmente precisa de comprar:

- Kleenex

- paracetamol

- qualquer xarope de tosse disponível nas farmácias (prestar atenção no rótulo para não duplicar no paracetamol)

- limão e mel funciona da mesma maneira;

-vicks vaporub para o peito também é uma boa opção

- se tiver um humidificador, use no seu quarto quando for dormir, se não tiver pode ligar o chuveiro na água quente e ficar na casa de banho fechado inalando o vapor da água.

2 - Se tem um historial do asma, assegure-se que a sua bomba de asma não está fora do prazo, ou compre uma nova;

3 - Tenha muita sopa congelada no frigorífico.

4 - Faça um stock dos seus líquidos favoritos para poder variar, mas água e chá são preferíveis.

O QUE FAZER QUANDO COMEÇAR A TER OS SINTOMAS

1- Se tiver febre acima dos 38°C, é melhor tomar paracetamol em relação ao ibuprofeno; paracetamol 1000 - 1 comprimido de 8/8 h.

2- HIDRATE, porque o vírus acomoda-se mais rápido em garganta seca;

3- Descanse muito! Nao deve sair de casa mesmo se começar a se sentir melhor, porque estará infectado durante 14 dias. Não contacte com pessoas idosas ou com problemas de saúde. 

4- Peça a amigos e familiares que deixem o necessário do lado de fora da sua porta para evitar contacto. 

Se a febre aumentar acima dos 39°C e não a conseguir controlar ou tiver dificuldade respiratória, contactar a Saúde 24 ou o 112.Fiquem calmos, e preparem-se de maneira racional que tudo ficará bem.

Cumpra as recomendações que lhe são dadas para combater a propagação do virús. Protocolos de Entrada, Saída e Convivência

Acordar do Estado de Suspensão

A pandemia Covid-19 provocou um forçado período de suspensão de tudo o que tinhamos como normal: relações sociais, atividades quotidianas e um sem número de problemas por resolver. Nos meses março e abril de 2020 com a finalidade de evitar o colapso do sistema de saúde provocada pela propagação dos contágios, suspendemos por "tempo indeterminado" o nosso quotidiano e entramos num inusitado estado de hibernação. No mês de maio começamos a acordar e damo-nos conta que aquilo que estava por resolver permanece por resolver. Os velhos problemas um a um estão de volta. O mundo mudou ? Não tanto como gostariamos de imaginar. O que se alterou foi a consciência de muitos dos seus problemas que estavam secundarizados. Este é o mundo "novo" que descobrimos.

Impacto do Coronavírus (Covid-19) na Freguesia de Alvalade

Dia 16 de Março de 2020, 10h45. Uma imagem que se repete por toda a Freguesia de Alvalade. Filas pequenas ou grandes onde todos guardam as distâncias recomendadas contribuindo civicamente para evitar a propagação do virus. Foto: Campo Grande, 16/03/2020. Acompanhe o impacto da pandemia na freguesia de Alvalade Aqui .

Retratos de Alvalade durante a Pandemia. Apontamentos e imagens do quotidiano dominado pela pandemia. Mais. Movimentos na Internet Por todo o país impressiona a quantidade de iniciativas que surgiram para animarem quem está confinado em casa mas também quem está na linha da frente a combater pandemia. Um mundo a descobrir aqui.

Alvalade Verde na Capital Verde da Europa 2020

Lisboa é desde 11 de Janeiro oficialmente capital verde da Europa. Jornal da Praceta ao longo de 2020 vai acompanhar o que se faz na cidade, mas sobretudo na freguesia de Alvalade, para merecer semelhante distinção. Mais

Universidades em Alvalade

Sabia que mais de 50% de toda a área da Freguesia de Alvalade é ocupada por universidade e instituições de investigação Cientifica?.Mais

Assinalável

ESPRESSO deteta exoplaneta onde chove ferro
Uma equipa de investigadores do Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço (IA) participou num estudo que permitiu detetar e caracterizar a atmosfera do exoplaneta WASP-76b, um estudo que só foi possível graças ao espectrógrafo ESPRESSO. Mais

ULisboa entre as 100 melhores Universidades do Mundo

QS World University Rankings by Subject 2020 indica que a Universidade de Lisboa viu a sua posição melhorada nas 5 áreas do ranking.

Em 2020, a ULisboa ocupa a posição 142 em Artes e Humanidades (subiu 29 lugares), 129 em Engenharia e Tecnologias (subiu 11 lugares), 237 em Ciências da vida e Medicina (subiu 21 lugares), 188 em Ciências Naturais (subiu 8 lugares), e 237 em Ciências Sociais e Gestão (subiu 24 lugares).

A ULisboa foi classificada entre as 100 melhores do mundo nas disciplinas de Arquitetura e Edificado, Arte e Design, Engenharia Civil e de Estruturas, e Ciências do Desporto.

A Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa está a concretizar uma ambicioso programa de sustentabilidade. Conheça-o aqui.

Requalificação de Escolas

A Escola Básica 2, 3 Eugénio dos Santos foi inaugurada em 1950 e desde então nunca sofreu obras de requalificação. Apesar do extremo cuidado colocado desde então na sua conservação, não é dificil de imaginar o estado em que se encontram as salas de aula, janelas, estores, equipamentos e mobiliário. É por isso que as obras de requalificação são um prioridade para toda a comunidades escolar. Foto: 25/02/2020

A Sociedade de Requalificaçao Urbana em Junho de 2020 irá finalmente lançar o concurso para as obras de requalificação da Escola Básica de Santo António. Esperemos que estas obras sejam também um estimulo para a requalificação de toda a envolvente da escola repleta de lixeiras e construções clandestinas em terrenos municipais.

A Cidade Universitária Carece de Planeamento e Limpeza

Um dos caóticos parques de estacionamento na Cidade Universitária. O edificio em ruínas pertence à Universidade de Lisboa. Foto: 11/02/2020

Desde o assassinato do jovem Pedro Fonseca que a questão da segurança na Cidade Universitária voltou a ser notícia. Para remediar a falta de segurança foram colocados mais candeeiros e a policia procura agora dar maior visibilidade á sua presença. Nada que no passado já não tenha acontecido. O problema de fundo é o estado caótico de toda a Cidade Universitária de Lisboa onde há muito que falta ordenamento, limpeza e cuidados permanentes na sua preservação. Um ambiente propicio à criação de focos de marginalidade. O assunto nunca incomodou os reitores da UL como temos constatado.

O espaço está ao abandono e é frequentado por marginais. Fica junto à Torre do Tombo e á Faculdade de Ciências de Lisboa onde estudou o jovem Pedro Fonseca. Foto: 11/02/2020

Na vasta área da Cidade Universitária abunda o lixo e ruinas de antigos edificios. Muitos das construções recentes carecem de manutenção e os seus espaços envolventes estão degradados. O estacionamento, incluindo os vários parques, são fruto do acaso e não de qualquer planeamento. Nada disto devia de existir num espaço que se quer seguro e qualificado.

Vandalismo das Claques de Futebol

Café-Concerto, jardim do Campo Grande. O novo presidente do Sporting Clube de Portugal (Frederico Varandas) retirou o apoio às claques de futebol do clube, estas têm respondido com contínuos atos de violência e vandalismo. Foto:10/02/2020

Alvalade como toda a cidade de Lisboa está repleta de grafites. Nada escapa desde monumentos, a simples sinais de transito, estações de metro, paragens autocarro, edifíicios públicos ou privados, etc. Em Alvalade os grafites, como temos observado são em geral expressões de dois grupos distintos de marginais.

O primeiro é constituido por grupos locais de jovens que afirmam a sua individualidade através de grafites e pequenos atos de vandalismo. Alguns deles aparecem igualmente envolvidos em roubos, assaltos, tráfico de droga, etc.

Bandos de delinquentes na maior das impunidades vandalizam painéis de informação, sinais de transito, estátuas e monumentos nacionais com a única intenção de "espalharem" o seu nome fazendo porcaria. Foto: Av. Roma, Estação do Metro, 12/03/2020

O segundo grupo é o das claques de futebol, particularmente ativos em dias de futebol no Estadio do Sporting. Nestes dias toda a zona do Campo Grande e Cidade Universitária é varrida por uma onda de destruição, roubos e assaltos. É o momento das hordas experimentarem uma sensação de força e impunidade libertando os seus membros momentaneamente das suas frustrações quotidianas. O alegado "amor ao clube" tornou-se no pretexto para dentro e fora dos estádios se cometerem todo o tipo de atos de violência grupal. As claques estão hoje repletas de criminosos, como os acontecimentos de Alcochete (15 de Maio de 2018) mostraram á saciedade. A história mostra-nos que a ausência de um combate firme contra estes grupos de criminosos acaba por minar a confiança da população na democracia promovendo a ascensão de políticos populistas.

Lixeiras das Murtas

Entre escombros, lixeiras e ratazanas surgem habitações. Este é o cenário deprimente que continua a ter uma cidade que se orgulha de ser a Capital Verde da Europa. Foto: 7/02/2020

Toda a zona da Rua das Murtas nas traseiras da Universidade Lusófona e do Colégio de S. Vicente de Paulo continua transformada numa imensa lixeira. O projecto de ligação do Campo Grande-Calvanas á Alta de Lisboa, apresentado com pompa e circunstância em Julho de 2018 foi metido na gaveta. Mais

Burlas e Assaltos

A PSP alerta a população mais velha para não abrir a porta a estranhos que se identifiquem como profissionais de saúde. Alerta também para as chamadas "Contas Solidárias" que se propõe angariar dinheiro para "Mascaras e Luvas" e "Financiar a Vacina Contra o Vírus".

Apartamentos Transformados em Pombal

Quem passa na Rua Dr. Gama Barros e observa no edificio nº 69, não pode deixar a reparar nos pombos poisados no 2º. e 3º. andares. Não raro são às centenas. A proprietária dos apartamentos há cerca de dez anos resolveu transformá-los num pombal. Os outros moradores há anos que se queixam à PSP, CML e Delegação de Saúde Regional sobre este caso de saúde pública sem que nenhuma medida seja tomada. Uma situação semelhante ocorreu na Rua Afonso Lopes Vieira, nº54-2º.Dt. O problema arrastou-se durante largos anos e só se resolveu com a morte natural do morador... Esperemos que neste caso não seja necessário esperar tanto tempo.

Limpeza incompleta e estacionamento tarifado fracassado

Redundou num fracasso a operação de limpeza e criação de um parque de estacionamento tarifado na Rua das Murtas, nas traseiras do Colégio de S. Vicente de Paulo. A limpeza realizada em 2018 retirou grande parte do lixo que por ali abundava, mas a lixeira continua. O estacionamento tarifado instalado pela EMEL revelou-se num completo fracasso. Mais

"Aumento Exponencial da Poluição em Alvalade"

"O aumento do trafego aéreo no Aeroporto de Lisboa tem graves consequências para a freguesia de Alvalade: o aumento da poluição sonora e atmosférica, mas também um maior risco. Não espantou nenhum morador da zona do Campo Grande, quando a organização ambientalista Zero constatou, em Julho de 2019, que durante a noite o ruído dos aviões ultrapassava os valores permitidos por lei. Durante o dia a situação também é gravissima, pondo em risco a saúde pública. Aquando do anúncio das obras de expansão do aeroporto foi "garantido" que entre Janeiro e Junho de 2020 não haveria tráfego aéreo entre as 23h30 e as 6h30, uma "garantia" que ainda não se fez sentir." Estas eram as palavras neste jornal em Março de 2020 quando a Pandemia provocou a suspensão do tráfego áereo. A mudança imediata, sem transições. A população de Alvalade passou a usufruir de um SILÊNCIO que ninguém tinha memória. O ar tornou-se respirável, ao longe as formas das coisas ficaram mais nítidas. A questão é que todos sabemos que nada disto irá durar. Em fins de Junho aos aviões estavam de volta... Mais

 

Palacete dos Condes de Vila Real (ruinas) na Freguesia de Alvalade

Terá sido construído na primeira metade do século XIX pelo  2º. Conde de Vila Real e 7º. Morgado de Mateus - Fernando de Sousa Botelho Mourão e Vasconcelos (1815-1858) era filho primogénito dos 1os Condes de Vila Real, foi casado em 1ªas núpcias com Maria Amália Burcchardt (1820-1839), e depois com Júlia Adelaide Braamcamp de Almeida Castelo Branco (1822-1878). Destacou-se como administrador da célebre Casa de Mateus, propriedade de família.

O brasão que está na fachada do palacete foi usado 2º., 3º. e 4º. Conde de Vila Real. Esta era uma das grandes quintas desta zona de Alvalade (Rua Jorge Colaço).

 

Apelo à Libertação dos Presos Políticos da Catalunha

Nas ruas de Alvalade faz-se eco à indignação pela existência de presos políticos em Espanha. Rua João Soares, Alvalade, 31/10/2019

 

A Singularidade da Igreja dos Santos Reis Magos

A singularidade da Igreja paroquial no Campo Grande no contexto da cultura portuguesa foi posta em relevo no passado dia 28/2/2020 na Universidade de Santiago de Compostela na Galiza. Um assunto que iremos abordar nos próximos dias. Mais

Candeeiros do "Bairro de Alvalade" em Risco de Desaparecerem

Um empenhado grupo de cidadãos do "Fórum Cidadania Lisboa" acaba de chamar à atenção para a necessidade de se implementar um plano de recuperação e salvaguarda do universo dos candeeiros em marmorite decorrentes do Plano de Alvalade. Mais

Encontrado em Alvalade o Livro de Horas encomendado por D. João II

Foi encontrado numa colecção particular um raríssimo manuscrito iluminado datado de 1483. Promete revolucionar o que sabemos sobre a história da arte e astronomia em Portugal. Encomendado por D. João II a Diogo Ortiz de Vilhegas, conhecido por Calçadilha. O livro contém um preciso calendário lunar e solar calculado em função da localização de Lisboa. Calçadilha foi professor de astronomia na Universidade de Salamanca veio para Portugal em fins de 1475, integrando mais tarde o grupo de astrónomos da corte portuguesa responsáveis pela elaboração do mapa-mundo onde eram registadas as terras que eram descobertas. Foi bispo de Ceuta, Tanger e Viseu, para além de prior do Mosteiro de São Vicente de Fora. Em 1483 analisou e reprovou a proposta de Cristovão Colombo de chegar à India navegando sempre para poente em pouco mais de 30 dias.

 

 

Assembleia Municipal de Lisboa "aprova" Regulamento de Higiene Urbana

A assembleia deu um importante passo para aprovação do novo Regulamento de Gestão de Resíduos, Limpeza e Higiene Urbana de Lisboa (3/12/2019). A CML pretende que entre em vigor no início de 2020. O último regulamento data de 2004. Mais

 
 

Em Foco

ADSE - Sede: Praça de Alvalade

Sistema de saúde para funcionários e aposentados da administração pública central, regional e local, os quais descontam mensalmente 3,5% da sua remuneração base, correspondendo na prática 4,08% da remuneração bruta, dado os descontos incidirem sobre 14 meses. Os beneficios abrange os descendentes e equiparados a descendentes dos titulares com idades entre os 18 e os 26 anos. A ADSE foi criada em 1963. contando em 2018 com 1.204.864 aderentes. Neste último ano as suas receitas foram de 592 milhões e as despesas de 548 milhões.

Na freguesia de Alvalade tem a sua sede importantes organizações a nível nacional que diariamente, pelos mais diversos motivos, são notícia na comunicação social. Vamos conhecê-las uma a uma.

 

 

Editorial


Poluição

 

Saúde


Jardins e Parques


Espaços Públicos

 

Civismo

 

Segurança


Mobilidade

 

Educação


Junta de Freguesia


Câmara Municipal

 

Assembleia Municipal

 

Instituições

 

História local


Cidade

 

Ciência

 

Cultura

 

Urbanismo

 

Desporto

 

Quiosque

 

Restauração

 

Comércio

 

Avenidas

 

Casos

 

 

Imagens de Alvalade

.

Estatísticas

 

 

.

Viva Lisboa

Lisboa no seu melhor

.

 

 

Agenda Cultural

 

 

Cores de Alvalade

 

 

 

.Alvalade de Lés a Lés: 

Percurso 1 

Percurso 2

Percurso 3

O bom tempo está a chegar é altura de conhecer Alvalade com o Jornal da Praceta. Temos muitos percursos e sugestões.

   
  .

Breve História de Lisboa

Sugestões para um percurso histórico por Lisboa. Mais

 

 

365 Programas para conhecer e viver em Lisboa

Não sabe o que fazer em Lisboa? Nós damos-lhe 365 sugestões. Surpreenda-se. Mais

   
 

 

,Alvalade, mais que uma palavra

Uma palavra árabe que deu nome a cidades, vilas, aldeias e bairros em Portugal, Espanha e Angola. Mais

 

 

 

.

 

Cartas dos Leitores