Agosto de 2022

Criminalidade em Alvalade

Em fins de Março de 2022 um grupo de moradores resolveu promover uma petição para o reforço da segurança em Alvalade. O texto da petição referia uma onda de assaltos que tinha ocorrido nos últimos meses em artérias comerciais da freguesia como a Rua Augusto Palmeirim, Avenida da Igreja e a Avenida Rio de Janeiro. Os promotores referem também incidentes com funcionários do Centro Comercial de Alvalade provocados por grupos de marginais. Não faltam "casos" de vandalismo, roubos, agressões ou tráfico de droga (em crescendo). A maioria destes "casos" não são reportados à PSP, a razão é conhecida. A Petição, subscrita por 433 peticionários à data da recepção, será discutida na Assembleia de Lisboa em Setembro.

Universidade de Lisboa 2013- 2021

No passado dia 26 de Julho de 2022, no Museu Nacional de História Natural, numa bonita cerimónia comemorou-se os últimos dez anos da Universidade de Lisboa (UL). A integração de vários e importantes estabelecimentos de ensino e investigação em 2013 transformam a UL na maior universidade do país. Nesta cerimónia foi lançado o livro "Universidade 2013 -2021", onde são apresentados um vasto conjunto de indicadores que nos permitem avaliar, neste periodo, a sua dimensão e os resultados, altamente positivos, do trabalho realizado. Uma síntese que estamos a elaborar.

Prioridades 

As redes sociais estão repletas de imagens que nos remetem para situações com que se deparam dia-a-dia os fregueses de Alvalade resultantes  da inoperância da Junta de Freguesia. Foto: RS, Av.Dom Rodrigo da Cunha, 12/07/2022

A falta de limpeza dos espaços públicos e na manutenção dos espaços verdes atingiu proporções que não podem ser ignoradas. O problema era previsivel. A explicação como temos verificado prende-se com pouca atenção que lhes são dedicadas por parte do actual executivo da Junta de Freguesia, em especial os vogais com os pelouros da Higiene Urbana e dos Espaços Públicos.  Não moram na freguesia e os seus assessores não os previnem ou não tomam as medidas  necessárias.  Nas sessões da Assembleia de Freguesia de Dezembro de 2021 foram alertados para situação que poderia ocorrer. Havia que a tempo e horas lançar concursos públicos e  firmar contratados com as empresas que realizam estes trabalhos. A Junta não tem funcionários para o fazer.  Os meses foram poassando e o assunto só preocupou o executivo em Maio de 2022 ! A partir daqui tem sido um continuo improviso e adiamento em a adiamento dos contractos. Prioridades...       

Leituras de Verão

As últimas eleições autárquicas ocorreram há quase um ano. O executivo que então foi eleito para a Junta de Freguesia de Alvalade resolveu agora publicar uma revista semestral para publicitar o seu presidente e dar conta do trabalho realizado. As diversas forças políticas eleitas com assento na Assembleia de Freguesia tiveram direito a um curto espaço na revista, o que é de saudar. Notas de leitura 

As Lixeiras Estão de Volta a Alvalade

Na última Assembleia de Freguesia (8 de Julho), vogais que elegeram e apoiam o actual executivo da Junta de Freguesia reconheceram publicamente que nunca a higiene urbana e a manutenção dos espaços verdes esteve tão mal em Alvalade . Apesar desta situação gravissima que afecta o quotidiano e a saúde da população, ficamos a saber que o presidente da Junta podendo recrutar mais quatro trabalhadores para mitigar o problema da higiene urbana não o fez. As suas prioridades são outras. Consultar

Espaços Públicos numa Cidade Justa

As Nações Unidas, desde 2007 tem vindo a dedicar uma crescente importância ao espaço público, proclamando que uma "cidade segura" era uma "cidade justa" onde as pessoas fossem o elemento central do seu desenho urbano, traduzida na prioridade que as políticas publicas conferem à qualidade do espaço público. A avaliação desta qualidade está ao alcance de qualquer cidadão observando a forma como os recursos públicos postos à disposição das câmaras e juntas de freguesia estão a ser aplicados na melhoria da qualidade e requalificação dos espaços publicos: higiene Urbana, passeios, iluminação pública, arborização, mobiliário urbano, sinalética, estações e paragens de transportes públicos, espaços de estacionamento, etc. Um outro nível de observação incide sobre a o desenho urbano, a requalificação dos espaços degradados, a expansão da rede ciclável e melhoria dos transportes públicos, sistemas de drenagem, infra-estrututuras de comunicações, espaços para associações, recreção e cultura dos cidadãos, arte pública, etc. Uma cidade que não tenha nas suas prioridades o espaço público, aquele que é partilhado por todos, não é segura nem justa. Esta reflexão vem a propósito do que temos observado na freguesia de Alvalade onde os espaços públicos deixaram de ser uma prioridade. Mais

Quando o calor aperta junto da água é que se está bem  

Chafariz, Campo Grande.Foto:12/07/2022

Lago no jardim do Campo Grande. Foto: 12/07/2022

Será mesmo a mais barata ?

Este posto de abastecimento de combustíveis no Campo Grande reclama-se de praticar os preços mais baixos de todos. A julgar pelas longas filas de viaturas que aqui se formam todos os dias terão alguma razão. Foto: 12/7/2022

Vazadouros Ocasionais

Se há tema recorrente nas redes sociais, o da higiene urbana é um deles. Talvez seja mesmo o primeiro. Na verdade basta um simples percurso pela freguesia para se encontrar não apenas lixo, mas verdadeiros vazadouros. A actual Junta de Freguesia tem, como se sabe, outras prioridades. Foto: Avenida da Igreja, 1 de Julho de 2022. Mais

Uma importante petição:

Regular os cabos de comunicação nas nossas cidades

"As cidades portuguesas estão infectadas por uma autêntica praga visual intitulada "cabos selvagens" ou seja, por milhares de Kms de cabos de comunicação que se estendem pelas nossas fachadas tornando mais feias as nossas cidades perante a inércia das nossas autarquias locais e a falta de enquadramento legislativo nítido", do texto da petição.

EB1+JI Santo António

Finalmente arrancaram as obras de requalificação e ampliação desta escola, com uma duração prevista de 540 dias. Uma obra que era há muito aguardada. Esperamos também que a limpeza e requalificação do espaço envolvente, iniciada em 2021, seja prosseguida. Mais

Assembleia de Freguesia de Alvalade

 

A sessão da Assembleia de Freguesia de Alvalade (AFA) do passado dia 8 de Julho de 2022, tinha tudo para ser a repetição de mais do mesmo: o desrespeito completo pelos procedimentos democráticos, mas foi mais do que isso que aconteceu. Um "movimento de cidadãos" que pretende "Mudar Alvalade" defendeu abertamente um retrocesso civilizacional, propondo que se acabe com todas as formas de apoio que descriminem positivamente os pobres, deficientes e todos os grupos sociais cujas condições sociais, geográficas e outras os afectem o seu acesso pleno a uma efectiva Igualdade de Oportunidades. Este é o nível que a AFA mergulhou. Mais

No dia 24 de Junho, pelas 21h00, ocorreu mais uma sessão ordinária a AFA.Três coisas que já vão sendo habituais: Recusa de Prestar Informação, Espaços Públicos ao abandono e Delírios. Mais

O destaque não vai todavia para esta reunião de 24 de Junho, mas para a que o executivo da Junta realizou no dia anterior. No ponto 5 da O.T. constava o apoio financeiro e não financeiro que será concedido ao clube Os Estrelas de S. João de Brito, cujo presidente encabeça umas das forças polticas que na Assembleia de Freguesia apoia o actual executivo da Junta. Conheça a trama escabrosa destes apoios políticos. Mais

"O que fazer com o estacionamento na minha freguesia? "

Foi mais do que um debate sobre o estacionamento na freguesia de Alvalade. Duas perspetivas de abordar o problema estiveram em confronto na Biblioteca dos Coruchéus. Mais

"Isto não pode estar a acontecer"

A insegurança manifestada pelos moradores na zona tem sido acompanhada pelo fecho de estabelecimentos comerciais e de serviço, assim como à desvalorização e venda de apartamentos de habitação.

A zona envolvente do Bairro Social das Murtas está em polvorosa. Moradores da Avenida do Brasil, Rua José Lins do Rego e do Bairro das Caixas afirmam que vivem num clima de completa insegurança: bandos de crianças e jovens agridem e roubam pessoas e estabelecimentos comerciais. Á noite estes jovens deambulam em algazarras, cantorias e jogatanas perturbando o sossego de quem tem de trabalhar. Emporcalham e vandalizam tudo por onde passam. O tráfico de droga é feito de dia e de noite na maior das impunidades. As novas remessas de droga são agora anunciadas com tiros, que estilhaçam as janelas de quem aqui vive. Dois moradores assinalaram mesmo uma viatura estacionada na Rua José Lins do Rego que funcionará como local de encontro para estes negócios. Ficamos a saber que existe um amplo registo fotográfico destas acções. Perante este ambiente tem-se assistido na zona à debandada do comércio e serviços, o que afectou negativamente o dia-a-dia dos moradores. As queixas reportadas à 18ª. Esquadra do Campo Grande, segundo os moradores, caiem em saco roto. Uma moradora afirmou que um policia lhe confidenciou que "o governo não lhes dá força para atuarem". Estas foram apenas algumas das muitas queixas apresentadas por um grupo de moradores da zona, numa reunião com Junta de Freguesia que ocorreu no dia 31/05/2022, no Centro Civico Edmundo Pedro . A população local sente-se disciminada negativamente nos seus direitos. Mais

"Estou a Ficar Velha"

Reflexão da vogal dos Direitos Sociais da Junta de Avalade sobre a triste condição do povo português. Mais

A Cultura da Junta de Freguesia

O prometido é devido. O presidente da Junta de Freguesia de Alvalade, antigo secretário de Estado de Cultura e vereador na mesma área na CML quando foi eleito não prometeu melhorar a higiene urbana ou continuar a requalificar os espaços públicos. A sua grande aposta seria o aumento da oferta cultural na freguesia para a qual deveriam ser canalizados grande parte dos recursos financeiros disponiveis. Programa de eventos.

Jardim dos Moradores

A Junta de Freguesia tem andado entretida com a "cultura" dos fregueses. O presidente, como faz questão de publicitar, marca presença nas mais diversas cerimónias promovidas pela Câmara Municipal de Lisboa. A questão é que as poucas obras nos espaços públicos na freguesia avançam a conta gotas. A requalificação do Jardim dos Moradores era para estar concluida em Novembro de 2021, e só foi concluida em Julho de 2022. Foto: 31 de maio de 2022. Mais

Não Um, mas Dois Parques de Estacionamento

Carlos Moedas (presidente da CML) prometeu que iria avançar com a construção de um parque de estacionamento na Avenida da Igreja. Um projecto que foi aprovado por Fernando Medina (ex-presidente da CML) para Largo Frei Heitor Pinto (Proposta 246/CML/2021). Os detalhes da localização estavam dependentes de negociações com a Empark. O actual presidente da Junta de Alvalade acaba de prometer um "segundo" parque. Na verdade trata-se da remodelação do parque já existente junto ao Mercado de Alvalade, e que tem a capacidade de 118 lugares. A ideia também não é nova. A CML já tinha apalavrado a sua construção com a cadeia de supermercados Lidel. O momento é propício a mudanças no parque, pois está para breve o lançamento do futuro concurso público de atribuição do direito à ocupação e exploração de um espaço no mercado.

Quem anda assustado com o parque no Largo Frei Heitor Pinto é António Proa (PSD). O local escolhido irá colocar em perigo o melhor exemplar da "calçada portuguesa" no país. António Miranda, especialista neste domínio, garantiu-nos que é um exemplar único no mundo. Trata-se de uma elaborada composição, executada segundo a técnica “a malhete”, preciosa na perfeição do talhe da pedra, realizada em 1957, a partir dos moldes utilizados no troço sul da Avenida de Liberdade. No interior dos anéis apresenta uma série de pormenores (brincadeiras) deixadas pelos mestres calceteiros que acrescentam um maior interesse a esta calçada-mosaico, despertando a curiosidade do peão mais atento. É um dos testemunhos mais relevantes existentes em Lisboa da «Arte e Saber-fazer da Calçada Portuguesa» que a Direção-Geral do Património Cultural (DGPC) inscreveu - salvaguarda urgente - no Inventário Nacional do Património Cultural Imaterial (INPCI) em julho de 2021.Recorde-se que está em curso a candidatura da calçada portuguesa a Património Mundial (UNESCO). Fotos: 17/05/2022.

Uma Fábrica de Assessores na JFA

A conta gotas lá vamos sabendo da contratação de novos assessores para a Junta de Freguesia de Alvalade (JFA). A vogal Cristina Lúcia Camilo Vieira (PSD) com o pelouro da Higiene Urbana divide o seu tempo entre a Junta de Alvalade e a da Avenidas Novas. Recebe pelos dois lados. Como já avançamos ficou sem tempo para a freguesia de Alvalade (ver informação em baixo). Solução: contratou um assessor - Jorge Manuel Carneiro Teixeira. A vogal do CDS, com o pelouro da Educação aproveitou a ocasião e contratou uma assessora: Alexandra do Almurtão Coelho Lourenço Jóia. José Amaral Lopes, não quis ficar atrás como presidente, e convidou para lhe dar apoio Rosa Maria Oliveira Duarte. O vogal tesoureiro, para não se sentir diminuido e tratou também de convidar Filipa Andrade Lopes para o apoiar. Palavras para quê ? Mais

 

Poluição Visual Político-Partidária

"Poluição visual", assim se intitula uma Petição Pública lançada pelo ForumCidadaniaLX (2022). Alguns partidos políticos desde há alguns anos tomaram de assalto praças e parques públicos e outros locais de grande visibilidade para manterem indefinidadamente propaganda política. Uma vez instalados numa dado espaço público assumem que o mesmo lhes pertence. Renovam os cartazes mas mantém-se no mesmo local. É um privilégio do qual se arrogam, contrariando regulamentos municipais e a própria lei que fixa os prazos para a afixação e remoção da publicidade político-partidária. Em muitas situações pelo país retiram dignidade praças, edifícios e monumentos públicos. Provocam uma obstrução à circulação pedonal e desatenção à sinalética viária. Perante esta manifesta ilegalidade a Comissão Nacional de Eleições mostra-se incompetente. Em Alvalade não faltam exemplos desta poluição visual, sem que nada seja feito para os corrigir. Mais

Acções de Solidariedade com a a Ucrânia

Nenhuma justificação é  aceitável para quem invade um país, provoca uma matança e destruição indiscriminada. A história da humanidade está cheia de exemplos de tiranos que as desencadeiam para tirarem partido da sua superioridade militar com o objectivo de submeterem povos, destruirem as suas defesas e apossarem-se dos seus recursos. A guerra está sempre associada a uma expectativa de rapina ou à continuidade do saque. O que tem mudado são os argumentos para "legitimar" a agressão. No dia 24/02/2022 o ditador russo nem se deu ao trabalho de justificar a invasão da Ucrânia. Julga que a sua vontade é soberana e o bastante para justificar a destruição a que temos assistido. Ninguém com um mínimo de humanidade pode ficar indiferente perante mais esta barbárie. Uma guerra que tem provocado um sentimento de repulsa que tem alimentado uma onda de solidariedade com o martirizado povo ucraniano. Na freguesia de Alvalade muitas iniciativas tem sido realizadas com este objectivo solidário. Alguns exemplos, aqui

 Farmácia Estados Unidos. AV. EUA     

Requalificação do Bairro de São João de Brito

Quem sobe a Avenida do Brasil vindo da Rotunda do Relógio depara-se com uma intervenção urbana inqualificável. Onde antes existiam  árvores foi agora erguida uma muralha de blocos de cimento. A construção deste muro para conter o talude foi uma exigência dos bombeiros (RSB). O objectivo é permitir que na rua exterior do Bairro possam circular em segurança viaturas de grandes dimensões. O resultado final é o que a foto documenta.   

  O derrube do arvoredo colocou à mostra casas de construção  precária, barracas e lixeiras do Bairro de S. João de Brito. 

Embora a obra de "requalificação" esteja a avançar "a bom ritmo", é cada vez mais evidente que o resultado final pouco se afasta do que encontramos num bairro degradado dos arredores de Lisboa. Fotos: 29/04/2022. Mais

Falta Iluminação

O passeio ocidental do Campo Grande é um dos que regista maior movimento durante dia e de noite. Milhares de estudantes e outras pessoas passam por aqui no trajecto entre a Interface do Campo Grande (metro e autocarros) e a Universidade de Lisboa. Neste passeio foi no dia  28 de Dezembro de 2019 assassinado o jovem  Pedro Fonseca. Apesar disto, à noite continua a ser das zonas menos iluminadas. Foto: 2/05/2022

História de Alvalade

Esta semana vamos fazer aqui uma breve percurso pela história de Alvalade.

Vamos Explorar uma Fotografia

O exercício é simples: com base numa fotografia tirada em 1934 vamos identificar locais, o que sobreviveu à passagem do tempo e o que foi transformado. Mais

Monumento da Guerra Peninsular finalmente Limpo

Quem passava pela praça de Entrecampos deparava-se com o triste estado deste monumento nacional comemorativo da resistência às invasões franco-espanholas de 1807 a 1814. Esteve ao abandono durante mais de um ano. A estátua já muito danificada por anteriores comemorações futebolisticas ficou com um novo ornamento: um vigoroso arbusto. Durante um ano fizemos uma activa campanha para a sua remoção e limpeza. A CML com a prontidão que lhe é conhecida só a realizou no principio de Junho de 2022. Fica o registo. Foto: 8/06/2022. Mais

Criminalidade em Alvalade

No dia 27 de Novembro de 2021 foram apanhados dois criminosos por roubos em Alvalade. Um no dia 38 anos fez pelo menos 3 roubos com recurso a arma branca. Cumpria uma pena de 15 anos de cadeia, mas estava em liberdade condicional. O outro de 41 anos de idade por assalto a uma farmácia com recursos a arma branca.Tinha um longo cadastro por crimes sexuais.

Em plena pandemia, Alvalade voltou a ser notícia pelas piores razões. Um homem de 78 anos saíu à noite para dar um passeio higiénico e foi morto à facada. O corpo apareceu junto à entrada do Parque José Gomes Ferreira na Rua Professor Veiga Beirão (15/02/2021). No dia 18 de Junho de 2020 dois jovens resolvem combinar um ajuste de contas no jardim da rua General da Pimenta de Castro, junto ao Bairro das Estacas, próximo da Estação de Comboios Roma-Areeiro e de estações do metro. Uma localização que permitia uma chegada e fuga rápida, como acontece nestes confrontos no Campo Grande. Um chamava-se James Boyce, 15 anos, era morador na zona do Castelo, ou outro mora na Alta de Lisboa, tem 14 anos. Vinham acompanhados de 7 "amigos", 4 moram em Lisboa e os restantes em Rio de Mouro, Odivelas e Oeiras, todos com idades entre os 14 e os 19 anos. As agressões iniciaram-se mal chegaram ao local, era para isso que estavam àquela hora naquele local. O "James Boyce" não contava com a faca que o seu adversário trazia e acabou esfaqueado. Pouco passava das 19h00 quando os dois bandos fugiram deixando num chão um jovem em agonia que veio a falecer no Hospital de Santa Maria. Nenhum socorro lhe prestaram, a amizade terminara ali.

Como temos referido, estes confrontos violentos de jovens em Alvalade não são novidade. A facilidade de acesso à freguesia torna certas zonas na vizinhaças de interfaces de transportes, ideais para incursões de bandos oriundos de outros pontos da cidade ou dos seus arredores. Estes bandos, em geral limitam-se a marcar territórios com grafittis, mas não raro passam à prática de assaltos a outros jovens ou atos de vandalismo. Uma onda de criminalidade perante a qual a PSP se tem mostrado impotente. Mais

Sabia que o maior Arquivo Digital de Portugal está sediado em Alvalade?

Criado em 2008 é o arquivo nacional dos websites portugueses. "O seu objectivo é preservar e manter acessivel a informação publicada na web após esta deixar de estar disponível em-linha", nas palavras do nosso guia Daniel Gomes, gestor deste serviço público. Conheça e explore esta fantástica fonte de informação e conhecimento, aqui.

Problemas Crónicos

A Pandemia provocou uma estranha sensação de mudança. A suspensão de inúmeras atividades gerou a ideia que muitos problemas crónicos na freguesia haviam desaparecido. Pura ilusão ! Um a um estão de volta e muitos outros surgiram.

Expansão da  Cidade Universitária

Durante o mês de Setembro tem inicio as aulas nas três universidades situadas na freguesia de Alvalade. O movimento de largas dezenas de milhares de estudantes já começou a fazer-se sentir na zona do Campo Grande.  Entretanto prossegue o arranque, a continuação ou a conclusão de grandes obras na  área da "Cidade Universitária". Mais 

Alvalade Recordista de Acidentes

O mês de Julho de 2020 ficou tristemente assinalado pela morte no dia 10 da jovem Ana Oliveira no Campo Grande. Foi atropelada quando atravessava de bicicleta uma passagem para velocipes que existe frente à Biblioteca Nacional. O condutor não parou ao sinal vermelho. Era aluna Escola Rainha Dona Leonor e basquetebolista da equipa sub-19 do SCP. Na manifestação que se seguiu pediu-se medidas para acalmar o tráfego na cidade , como lombas, velocidade limitada a 30km/hora, fiscalização, fim das "auto-estradas" na cidade.

Sabe em Lisboa onde se regista maior número de acidentes ? José Bernardo, chefe da 18ª. Esquadra - Campo Grande, não tem dúvidas é no cruzamento entre a Av. de Roma e a Av. do Brasil. Quem atravessa o local fica confuso sobre onde e quando pode atravessar. Esta foi uma das conclusões mais importantes feitas na apresentação de um relatório sobre Acessibilidade na Freguesia de Alvalade, no Centro Cívico Edmundo Pedro ( 27/11/2019). Apesar deste facto ser do conhecimento da CML, a verdade é que nada tem feito para corrigir a situação. José Bernardo recordou na altura outros dados preocupantes: entre 2010 e 2016, ocorreram na freguesia 593 acidentes, de que resultaram 6 vítimas mortais, 9 feridos graves e 645 feridos ligeiros. As zonas com maior número de atropelamentos foram o Campo Grande (50), Avenida do Brasil (38), Avenida das Forças Armadas (34), Avenida Rio de Janeiro(31) e Avenida dos Estados Unidos da América (28). Para a triste estatística deste lugar, assinale-se no dia 3/12/2019, a colisão entre um motociclo e uma carrinha. Mais

Paróquia do Campo Grande

O falecimento do Padre Vitor Feytor Pinto (1932-2021) foi motivo mais do que suficiente para revisitarmos a longa história da Paróquia dos Santos Reis Magos do Campo Grande. Mais

A Praga dos Grafites

Alvalade como toda a cidade de Lisboa está repleta de grafites. Nada escapa desde monumentos, a simples sinais de transito, estações de metro, paragens autocarro, edifíicios públicos ou privados, etc. A imagem que provocam é de territórios abandonados, dominados por marginais. Uma situação que não parece incomodar quem tem por missão velar pelo espaço público.

O que leva um individuo a destruir algo que é para usufruto de todos? Este tem andado a esborratar tudo o que encontra na freguesia. Foto: 02/05/2022

Burlas e Assaltos

A PSP alerta a população mais velha para não abrir a porta a estranhos que se identifiquem como profissionais de saúde. Alerta também para as chamadas "Contas Solidárias" que se propõe angariar dinheiro para "Mascaras e Luvas" e "Financiar a Vacina Contra o Vírus". Não falta imaginação a estes criminosos para enganarem o próximo sempre que a oportunidade surja.