Jornal da Praceta


Informação sobre a freguesia de Alvalade

(Alvalade, Campo Grande e São João de Brito )

 

 Civismo

Anterior

Orçamento Participativo de Lisboa 2017

A requalificação da piscina do RSBL foi um dos projectos ganhadores, arrecadando 487 mil euros !

Entre 128 projetos a votação no dia 22/11/2017, 12 tinham impacto direto na Freguesia de Alvalade.

Projetos:

1. Requalificação do logradouro da Rua Dr. João Soares

2. Requalificação das Piscinas do RSBL

3. Medidas de Acalmia de Transito na Av. dos Estados Unidos da América.

4. Requalificação dos Logradouros do Bairro das Estacas.

5. Iluminação Pública do Parque José Gomes Ferreira/Quinta do Narigão.

6. Skate Parque - Parque José Gomes Ferreira/ Quinta do Narigão.

7. Criação de um Centro Comunitário

8. Estacionamento para bicicletas (cacifos)

9. Parque Público e Melhoria do Estacionamento na Rua José Lins do Rego.

10. Rede de Parques de Recreio Caninos.

11. Palcas de Toponímia com QR Code.

12. Placas "Afixação Proibida" em zonas públicas e de proteção anti graffiti.

Comentário: Alguns destes projectos são uma cópia das propostas que constavam no programa do Partido Socialista nas últimas eleições autarquicas. Outros são adaptações de projectos apresentados em anos anteriores. Uma é todavia precupante porque retoma na sua formulação, um antigo projecto da máfia do Campo Grande que pretendeu transformar um jardim público num parque privado de estacionamento na Rua José Lins do Rego. A zona está atualmente reservada a residentes, o projeto pretende transforma-la em estacionamento público, amputando o jardim existente no local.

Orçamento Participativo de Lisboa 2015/2016

A realizar na freguesia de Alvalade ganhou apenas um único projecto:

EU LX - Cidade em Movimento. Requalificação do circuito de manutenção e/ou campo de areia no Estádio Universitário para utilização dos jogos/desportos de praia (voleibol de praia, futebol de praia).

Vamos acompanhar a sua concretização !

Projectos de Alvalade que foram votados, mas que não ganharam:

"Por uma Rua para Todos". Objectivo: alargar um passeio para as pessoas não andarem pela rua !.

A CML cortou ao meio o passeio da Rua Alberto Oliveira, obrigando crianças e jovens surdoscegos a andarem pelarua quando se dirigem ao Centro António Aurélio da Costa Ferreira. Para cúmulo, alguns energúmenos bloqueiam o curto passeio com viaturas, apesar dos sinais de proibição de estacionamento.Foto: Junho de 2016.

Moradores e crianças da Escola Básica de Santo António que por ali passam também são igualmente obrigados a andarem pela rua porque os passeios são muito estreitos. É inconcebível que estas situações tenham que ir a um aleatório concurso público para serem resolvidas. Foto: Junho de 2016.

. Por uma Rua para Todos. Tornar acessível para todos parte da Rua Alberto Oliveira que liga a Avenida da Igreja ao Centro de Educação e Desenvolvimento António Aurélio da Costa Ferreira, Casa Pia de Lisboa, dando especial atenção às necessidades diárias dos utentes surdocegos desta instituição. Projecto: 054

Junta de Freguesia Emenda a CML

Face à escandalosa situação provocada pelo chumbo no Orçamento Participativo desta obra tão necessária às crianças e jovens que por aqui passavam todos os dias, a Junta de Freguesia de Alvalade, em Maio de 2017, resolveu  intervir e alargar os passeios.

As crianças e jovens que frequentam o Centro António Aurélio da Costa Ferreira podem agora andarem pelos passeios, apesar do lixo que neles continua a ser colocado pelos energúmenos habituais. Foto: Setembro de 2017

Os lugares de estacionamento foram marcados acabando com o estacionamento selvagem. Foto: Setembro de 2017.

Outros Projectos de Alvalade que foram votados, mas que não ganharam:

. Prioridade ao Peão. Criar ruas amigas do peão nas três freguesias que registam maior número de atropelamentos (cf. Relatório 2010-2013): Alvalade, Arroios e Avenidas Novas. Em cada freguesia, escolher uma ou duas ruas para uma adaptação exemplar, com a participação da população e dentro das verbas disponíveis. Em cada rua, adaptar as passagens de peões (tornando-as acessíveis e mais seguras para todos os peões), desviar/eliminar os obstáculos e colocar piso seguro e confortável.  Projecto: 052

. Topónimos de Alvalade ao alcance do seu smartphone. Colocação nos passeios de QR Codes (blocos de cimento com o QRC em metal encrustado) nas ruas do antigo Sítio de Alvalade como zona-piloto. Escolhida esta área por ser uma zona habitacional mas próximo de universidades, tornando Lisboa a 1ª grande cidade portuguesa a fazê-lo. A informação histórica e biográfica de cada topónimo seja disponibilizada por QR Code, acessível através do uso de um smartphone, como já se faz em Vila Real de Santo António e Proença-a-Nova, e primeiro numa zona-piloto referida. Projecto: 006

. Requalificação do edificio da Piscina do RSB em Alvalade. Ampliação e requalificação do edifício da piscina do RSBL (Regimento de Sapadores Bombeiros de Lisboa) ao nível do piso térreo, nas áreas de apoio, com vista a melhorar a funcionalidade e assegurar a acessibilidade em todo este piso, respeitando a legislação aplicável em vigor. Eventual possibilidade de construção de outro piso para salas, destinadas a valências desportivas diferentes da atual. Projecto: 067

. Ligação ciclável entre ciclovias de Telheiras e Campo Grande e a Quinta das Conchas e Parque Oeste. Projecto: 074

. Medidas de acalmia de tráfego na Av. Forças Armadas. Implementação de controladores de velocidade na passadeira localizada em frente ao IMTT, nos dois sentidos, e de outras medidas permitidas para vias de 2º nível. Projecto: 076

. Ligação ciclável entre Entrecampos e Praça de Espanha.Projecto: 090

. Campanha Sensibilização Pombos. Projecto:128

. EU LX - Cidade em Movimento. Requalificação do circuito de manutenção e/ou campo de areia no Estádio Universitário para utilização dos jogos/desportos de praia (voleibol de praia, futebol de praia). Projecto: 140

. Ação sensibilização para varandas ilegais. Implementação de campanha publicitária que promova o descerramento voluntário das varandas ilegais, sensibilizando para a nefasta consequência em termos urbanos deste tipo de procedimento. Projecto: 144

Os enormes logradouros públicos nas traseiras da Rua Afonso Lopes Vieira ou da Av. do Brasil, tem sido ocupado por construções ilegais e estão transformados em enormes lixeiras, o que implica que estas artérias do chamado "Bairro das Caixas" estejam literalmente entupidas com as viaturas dos moradores, mas não só.

. Recuperação dos passeios públicos na Rua Afonso Lopes Vieira, na Avenida do Brasil e no Largo Frei Heitor Pinto. Projecto: 151

 

 

 
 

 

 
   
   
 
 

Entrada

 
 
 
 
 
   
 

Tenha Vergonha. Não Suje as Ruas*